Mitologia, ROMANA

Deusa Diana

Diana, Estátua no Museu do Louvre

Na mitologia romana, Diana era uma deusa virgem. Era a divindade da Lua, da caça e protetora da natureza, dos animais, das mulheres e das meninas. De acordo com os mitos romanos, Diana era filha de Júpiter (Deus do dia) e Latona (Deusa do anoitecer).

Um fato notório foi quando a Deusa transformou o caçador Acteão em um cervo, já que o homem havia a visto nua durante o banho. Diana era uma caçadora incansável, seus cultos eram realizados em templos rústicos no meio da floresta onde animais eram sacrificados.

Em Roma, seu templo mais importante localizava-se no monte Aventino e teria sido construído pelo rei Sérvio Túlio no século VI a.C. Na arte romana, era em geral representada como caçadora, com arco e aljava, acompanhada de um cão ou cervo.

Diana era a correspondente da deusa Artêmis da mitologia grega.

Principais características de Diana e outras informações:

–  Era uma deusa forte e corajosa.

– Os romanos acreditavam que ela ajudava as mulheres grávidas no momento do parto.

– Foi, muitas vezes, representada nas pinturas e esculturas como uma jovem caçadora, portadora de um arco.

– Tinha um irmão gêmeo chamado Febo (deus da música, da luz e da poesia).

– Fez voto de castidade, nunca se casou e se manteve virgem durante toda vida. Era seguida por várias ninfas e oceânides. Tornou-se uma espécie de símbolo da castidade na Roma Antiga.

 

 

Fonte: suapesquisa, brasilescola

Fotos: unicorniodadeusa, pelamente, amino apps, wikipedia

Conheça outras Deusas:

Afrodite

Hecate

Persefone

Parceiros: mistica.net

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *