Simbologia

Árvore da Vida

A árvore da vida é um símbolo sagrado, cujo significado perpassa pela fecundidade e imortalidade. Está associada à criação do universo, representando a ligação entre vários planos, como a terra, o céu e também o submundo. Ao longo dos anos, várias foram as explicações atribuídas ao símbolo, que continua encantando e despertando curiosidade nas pessoas.

Para compreender o significado da árvore da vida é preciso analisar a sua estrutura. As folhas dessa árvore crescem em direção ao céu, como se estivesse procurando pela luz. O tronco da árvore simboliza a terra, enquanto as raízes, que crescem para baixo, fazem referência ao submundo.

Desvendando a origem para saber o significado da árvore da vida

A árvore da vida é uma representação presente em várias culturas e religiões pelo mundo. Apesar de a origem deste símbolo ser desconhecida, existem muitas teorias sobre o assunto. Na Bíblia, onde a árvore se faz presente, ela aparece localizada no Jardim do Éden, em uma posição central.

Segundo o texto bíblico, o primeiro casal de homens, Adão e Eva, foram proibidos de alcançar a árvore da vida. A razão disso é que eles haviam descumprido os mandamentos divinos, comendo do fruto proibido. Depois de serem expulsos do paraíso, Deus protegeu a entrada do Jardim do Éden, colocando anjos querubins para guardar o local.

Percebe-se que o significado da árvore da vida, para além de mera representação, tem relação direta com o sagrado. Ainda de acordo com o que prega o texto da Bíblia, a árvore da vida surgiu bem antes dos primeiros homens. Ela estava no Jardim do Éden antes de Deus dar vida a Adão.

Estudos indicam que a árvore simboliza a vida eterna. Aqueles que comem do seu fruto conseguem experimentar várias grandezas. Por isso ela está tão bem protegida no paraíso. Mas não é apenas em Gênesis que o símbolo aparece na Bíblia. Para entender melhor o significado da árvore da vida, precisamos investigar também sua aparição em Apocalipse.

No finalzinho de Apocalipse, o texto bíblico faz referência a uma árvore da vida surgindo na cidade de Jerusalém. Na passagem, ela representa a salvação da humanidade.

Outras simbologias

A imagem da Árvore da Vida oferece uma perfeita alegoria da jornada do indivíduo: do nascimento (a semente) e estabelecimento de raízes firmes no solo, até o crescimento rumo ao sol, frutificando e renascendo em futuras gerações.

Além de representar o caminho da evolução humana, a Árvore da Vida sugere uma conexão da matéria com o espírito, visto que o objetivo da planta, desde o nascimento no interior da terra, é lançar seus galhos em direção ao céu.

Dessa forma, a Árvore da Vida está associada aos seguintes valores: criação, fertilidade, crescimento, pureza, elevação e equilíbrio espiritual.

Uma das definições: a conexão entre o plano físico com o plano superior.

Outras definições: gerando e alimentando a vida.

Outras definições: gerando e alimentando a vida.

As manifestações da Árvore da Vida

Como se vê, a Árvore da Vida está carregada de sentido místico e pode ser entendida como um elemento de proteção, um lembrete de nossa jornada na terra, uma promessa de eternidade em outro plano ou um apelo ao bom senso, ao equilíbrio e à busca pelo aprimoramento pessoal.

Sendo assim, não poderia deixar de ser representada de diversas maneiras ao longo de séculos: em brasões de armas, escudos e bandeiras, murais, tapeçarias, quadros, gravuras, etc.

Fotos: lunetas, greenme, aminoapps
Fonte: astrocentro, lindabela

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *